Baixada Maranhense – Identificados homens envolvidos em tiroteio em São João Batista

Baixada Maranhense – Identificados homens envolvidos em tiroteio em São João Batista

10 de julho de 2019 0 Por Daniel Santos

O Blog do Jailson Mendes recebeu as fotos dos dois envolvidos em um tiroteio no início da noite desta terça-feira, 9, na cidade de São João Batista. Além deles, um policial foi atingido, mas os três foram encaminhados ao Hospital Municipal e estão fora de perigo.

De acordo com as informações, o que iniciou os tiros foi identificado como Fernando Diniz Pimentel, de 24 anos, morador do município de Centro do Guilherme. Ele disparou dois tiros contra Luanderson Arouche Mendes, de 32 anos e morador do bairro Paulo VI, em São João Batista.

Segundo as informações da Polícia Militar, o autor disparou 2 vezes contra a Luanderson, onde acertou os dois disparos no tórax e no abdômen da vítima. Minutos após o tiroteio, dois soldados paisana estavam passando e foram avisados do caso, dando voz de parada ao suspeito, que estavam em uma moto e efetuando disparos. Um dos disparos acertou a perna esquerda do soldado Martins e um dos policiais conseguiu balear o suspeito também na perna esquerda.

Após isso, ele entrou em um estabelecimento de venda de churrasquinho, mas se entregou logo depois. Os três envolvidos foram encaminhados para o hospital, sendo que a vítima Luanderson Arouche Mendes está hospitalizada e está estável e o policial baleado foi medicado e liberado do hospital. Ainda segundo as informações passadas ao blog, o autor da tentativa de homicídio já foi medicado, liberado e já foi apresentado na delegacia de São João Batista para serem tomadas as devidas providências.

Durante a operação, comandada pela Polícia Militar de São João Batista, com apoio da PM de São Vicente Ferrer, foram apreendidos um revólver calibre 38, seis munições calibre 38 e uma carteira com documentos pessoais. Há informações de que o suspeito pelos disparos seja irmão de um caixeiro baleado durante uma festa em Campinas e morto dias depois, mas esta informação ainda não foi confirmada pela PM.

Via Jailson Mendes