Prefeitura de Pedro do Rosário é acusada de fraudar licitação e comprar combustível mais caro em cidade vizinha

Prefeitura de Pedro do Rosário é acusada de fraudar licitação e comprar combustível mais caro em cidade vizinha

28 de janeiro de 2019 0 Por Daniel Santos
A Prefeitura Municipal de Pedro do Rosário, fez uma homologação, com julgamento da Comissão Permanente de Licitação, referente ao Pregão Presencial nº 001/2019- PP de acordo com a Ata da Reunião do Presidente da mesma realizada no dia 17 de janeiro de 2018 às 08:00 horas a aquisições de combustíveis (gasolina comum e diesel s10 e lubrificantes e etanol) para abastecimento da frota de veículos da prefeitura, conforme anexos do Edital, C.O. DA SILVA MELO & CIA LTDA- ME, que apresentou menor preço por item, sendo o valor total é de R$ 2.179.950,00 (Dois Milhões Cento e Setenta e Nove Mil e Novecentos e Cinquenta Reais)
Percorrer 50 quilômetros para abastecer o tanque de um veículo e, aparentemente, ainda pagar mais caro pelo combustível vale a pena? Esta pergunta tem sido uma constante para empresários do ramo de combustíveis do município Pedro do Rosário, na Baixada Maranhense. O motivo é que mesmo com vários postos de combustível, próximo à sede da Prefeitura, os carros oficiais do município são abastecidos em um posto de combustível da cidade vizinha, Ze Doca.
O que chama mais atenção é o fato de que com três postos na cidade, o prefeito Raimundo Antonio preferiu “privilegiar” uma firma de outra cidade.