Deputado Dr. Leonardo Sá mostra competência e experiência médica no combate à COVID-19

Deputado Dr. Leonardo Sá mostra competência e experiência médica no combate à COVID-19

1 de maio de 2020 0 Por Daniel Santos

Em entrevista ao programa “Café com Notícias”, na Rádio Pinheiro 103,3 FM, o deputado estadual, Dr. Leonardo Sá (PL), demonstrou competência e compartilhou sua experiência médica no combate ao Coronavírus (COVID-19), em Pinheiro-MA, nesta sexta (01).

Durante uma hora de entrevista o médico falou sobre o impacto da pandemia na saúde, infraestrutura, situação econômica e atual gestão municipal pinheirense.

“Estou alertando desde que surgiram os primeiros casos na China que também chegaria aqui no município. Não estamos diante de uma “gripizinha” e sim de uma pandemia de casos graves com pneumonia severa. O Coronavírus não é brincadeira e o atual gestor não preparou a cidade para o enfrentamento à COVID-19, infelizmente. E Pinheiro está um caos e os casos de óbito aumentando rápidamente, como podemos ver”, alertou o deputado.

Segundo ele, o município não aderiu a um planejamento emergencial de prevenção à COVID-19, imitando a realidade de outras cidades e não determinou medidas necessárias condizentes com a atual situação de Pinheiro.

“Fica claro que o prefeito não adotou medidas emergenciais seguindo um planejamento. Tudo tem sido feito na base do susto. E não pela atual realidade da cidade. Fechou o comércio quando não tinha que fechar, abriu quando tinha que abrir, guiado por pressão empresarial, não liberou auxílio emergencial, nem merenda escolar para as familias carentes, nem o pescado na Semana Santa e muito menos reformulou o quadro de profissionais, onde não tem anestesista para nenhum procedimento cirúrgico e a estrutura da rede municipal de saúde”, denunciou o parlamentar.

O município de Pinheiro-MA recebeu mais de R$2 milhões de recursos federais para o combate ao Coronavírus. Mas à população não tem visto a aplicação do dinheiro no que de fato precisa ser feito, de forma urgente. As denúncias aumentaram em virtude da falta de condições financeiras, estruturais e prestação de serviço, principalmente, às comunidades carentes da zona rural da cidade, onde já foram encaminhadas ao Ministério Público Estadual.

Enfatizou sobre os cuidados que os profissionais da área da saúde e de serviços essenciais precisam ter neste momento e principalmente falou de fé e esperança “eu tenho um compromisso com a vida e com a saúde da nossa população e o que puder ser feito para que o maior número de pinheirenses e baixadeiros sejam salvos, eu farei. Que nossos profissionais da linha de frente sigam todas as orientações técnicas, tenham perseverança e fé, que isto vai passar”.

Ainda solidarizou-se com os pacientes infectados e às famílias enlutadas “me solidarizo com as vítimas acometidas pelo vírus e com as famílias que perderam seus entes queridos, sem poder sequer participar do velório e enterro para seu último adeus. Meus sinceros pêsames”.

Anunciou que irá reunir-se com o governador, Flávio Dino (PCdoB), e com o secretário estadual de saúde, Carlos Lula, para destinar parte do recurso federal extra do programa “Mais Cirurgias”, atualmente suspenso, que o deputado Leonardo Sá e o Partido Liberal (PL) conseguiram através do Ministério da Saúde a liberação de R$25 milhões, no começo do ano, para zerar as filas de cirurgias eletivas em todo o estado. E agora para destinação do enfrentamento à COVID-19.

“Vou me reunir com o governador, Flávio Dino, e o secretário, Carlos Lula, para destinarmos parte deste recurso, que já está na conta da Secretaria Estadual de Saúde, para a ampliação dos leitos de UTI do Hospital Regional Dr. Jackson Lago e para novos leitos no Hospital de Campanha, que atenderá toda a baixada maranhense”, finalizou o médico e deputado.

Ascom-Deputado Estadual Dr. Leonardo Sá.