Flávio Dino e Josimar de Maranhãozinho definem eleição na Câmara de São Luís

Flávio Dino e Josimar de Maranhãozinho definem eleição na Câmara de São Luís

19 de novembro de 2020 0 Por Daniel Santos

A disputa entre parlamentares para largar com vantagem rumo às eleições à presidência da Câmara de São Luís, um dos cargos mais importantes na estrutura dos Poderes Municipais, começou um mês antes do pleito. Isso ocorre porque, o segundo turno das eleições na capital maranhense, colocou em lados opostos duas das principais forças políticas no Maranhão: PDT e PCdoB.

O PCdoB, que estava na disputa com o deputado Rubens Júnior, anunciou apoio à candidatura de Duarte Júnior (Republicanos). Por sua vez, alas do PDT, resolveram seguir com Eduardo Braide (Podemos).

A eleição para a sucessão do atual presidente, Osmar Filho (PDT), acontecerá somente em 1º de janeiro do ano que vem, mas o questionamento de quem será o novo líder do Parlamento começa desde já, por conta do pleito municipal que levou os dois partidos a antecipar o debate em torno da sucessão para a Mesa Diretora, que virou o principal assunto na Câmara.

O atual chefe do legislativo municipal, que tenta seguir no comando do Palácio Pedro Neiva de Santana, espera contar com o apoio dos nove vereadores eleitos e reeleitos na chapa de Braide.

O PCdoB, por sua vez, que tem o vereador Paulo Victor como um dos virtuais candidatos, já tem um prognóstico de possibilidades na disputa. Conforme as informações obtidas pela reportagem, o grupo possui os votos necessários que poderiam levar o representante da legenda à cadeira mais alta do plenário Simão Estácio da Silveira.

De acordo o que foi apurado, em busca das possibilidades para ascender aos postos mais importantes do Legislativo ludovicense, o grupo de Flavio Dino (PCdoB) e Josimar de Maranhãozinho (PL) resolveram se unir visando a sucessão presidencial da Casa de Leis.

Os dois grupos, conforme apurou a reportagem, conta com 12 votos que seriam suficientes para definir a chapa e o pleito interno. Na tarde de hoje, vereadores do PCdoB e do PL se reuniram para colocar no papel a soma dos apoios apenas entre os partidos que elegeram vereadores na chapa de Rubens e Duarte.

O cálculo dos apoios visando a disputa da mesa diretora da Câmara Municipal para o primeiro biênio da nova legislatura contará, inclusive, com vereadores eleitos em partidos ligados ao vice-governador Brandão que serão os féis da balança. A matemática com as possibilidades ficou assim:

Grupo Flávio Dino

PCdoB – 04
PT – 01

Grupo Josimar

PL – 02
Avante – 1
Patriota – 1

Grupo Brandão

Republicanos – 02
PTC – 01

Total: 12

Ou seja, com a maioria dos votos, não é à toa que o PCdoB resolveu engrossar o caldo pela disputa do comando do parlamento municipal

Via Domingos Costa