Com gol do final, Sampaio vira para cima do Figueirense e se mantém no G-4 da Série B

Com gol do final, Sampaio vira para cima do Figueirense e se mantém no G-4 da Série B

23 de novembro de 2020 0 Por Daniel Santos

O Sampaio Corrêa mostrou mais uma vez que é um visitante indigesto na Série B do Brasileiro. Nesta segunda-feira, o Tricolor maranhense encarrou o Figueirense e buscou uma vitória quase que no apagar das luzes do Orlando Scarpelli. O Alvinegro saiu na frente logo nos minutos iniciais, com Lucas Barcelos. O Figueira ainda teve a oportunidade de ampliar com um pênalti, mas Diego Gonçalves parou no goleiro Gustavo. O Tricolor maranhense reagiu no segundo tempo, com Marcinho, em uma cobrança de falta magistral e com Jackson aproveitando passe preciso de Diego Tavares, aos 46 minutos. Um balde de água fria para os donos da casa.

  • Como fica?

    Com o resultado, o Figueirense permanece no Z-4, na 18ª colocação com 20 pontos. Já o Sampaio volta a ser vice-líder, agora com 40 pontos. A Bolívia Querida aguarda o jogo entre América-MG x Juventude, que ocorre nesta terça-feira, para saber se permanece na 2ª colocação ou se perde posição.

  • Próximos jogos

    Na próxima rodada, o Figueirense recebe o Botafogo-SP, na quinta-feira (25), no Orlando Scarpelli. Já o Sampaio recebe o Brasil de Pelotas, no Castelão (MA), em São Luís, na sexta-feira (26).

    • Primeiro Tempo

      O Figueirense foi quem abriu alas na partida. Sem tempo para respirar, o Sampaio Corrêa foi surpreendido com um contra-ataque puxado por Diego Gonçalves, aos quatro minutos. A jogada terminou em Lucas Barcelos, que chapou tirando do goleiro tricolor no canto direito. O time maranhense demorou a responder, mas só ofereceu perigo claro em duas oportunidades: uma com Roney e Marcinho, aos 25 e 40 minutos de jogo, respectivamente. O Figueira ainda teve a chance de ampliar o placar com um pênalti marcado aos 41 minutos. Diego Gonçalves cobrou, mas o goleiro Gustavo saiu bem e evitou o segundo do time catarinense. A primeira etapa terminou com vantagem do time da casa.

    • Segundo Tempo

      O Sampaio voltou para a segunda etapa com mais vontade e chegando mais ao ataque. O Figueirense tentava anular, mas a Bolívia Querida ameaçava constantemente os donos da casa. O gol que recolocou o Sampaio no jogo veio dos pés de Marcinho, em cobrança de falta magistral, aos 20 minutos. Com a confiança retomada, o time maranhense corria atrás de mais um no jogo. O gol da virada veio do iluminado Jackson, aos 46 minutos, após passe preciso de Diego Tavares. Fim de jogo, e vitória para o Sampaio Corrêa.

      Via globoesporte-Ma