Feita na sede do PDT, pesquisa que colocava Neto Evangelista no segundo turno em São Luís agora bota Weverton como governador

Feita na sede do PDT, pesquisa que colocava Neto Evangelista no segundo turno em São Luís agora bota Weverton como governador

24 de março de 2021 0 Por Daniel Santos

 

Mesma empresa que tentou enganar o povo de São Luís em 2020, agora usa da mesma tática para ludibriar a população maranhense. Nesse momento, a manobra é pressionar o governador Flávio Dino a escolher o senador pedetista como seu candidato nas eleições de 2022.

 

Sem credibilidade perante a opinião pública, o Instituto Exata tenta mais uma vez ludibriar o cenário político maranhense com pesquisa fraudulenta que não retrata nem de perto as ruas.

Por ordem do senador Weverton Rocha, a Exata lançou nesta terça-feira (24) uma pesquisa muambeira feita na sede do PDT – na Rua dos Afogados, nº 468 no Centro de São Luís – na qual coloca o pedetista líder do “levantamento” na corrida pelo Palácio dos Leões.

A estratégia maquiavélica da pesquisa é pressionar o governador Flávio Dino (PCdoB) a escolher o senador como seu candidato nas eleições de 2022.

Ocorre que a empresa usada para fazer o jogo sujo do PDT saiu das urnas da capital completamente destruída no ano passado.

Em São Luís, nas eleições municipais do ano passado, a mesma Exata que agora coloca Weverton liderando pesquisa, alardeava nos quatro cantos e por centenas de meios de comunicações que o candidato a prefeito apoiado pelo senador [Neto Evangelista] iria com bastante folga para o segundo turno contra Eduardo Braide (Podemos).

Quando abriram as urnas a verdade veio à tona e Duarte Júnior obteve no primeiro turno 22,15% (113.430 votos) contra 16,24% (83.138 votos) do candidato apoiado pelo PDT.

Portanto, essa artimanha de pesquisa de fundo de quintal para tapear o povo e a classe política não cola mais…

 

Por Domingos Costa