Pesquisa qualitativa foi o verdadeiro motivo da reunião de Weverton com políticos em Brasília

Pesquisa qualitativa foi o verdadeiro motivo da reunião de Weverton com políticos em Brasília

25 de março de 2021 0 Por Daniel Santos

Nem todos os convidados estavam presentes. A ausência nem foi para evitar aglomeração. O interesse da reunião passou longe das mais de 300 mil mortes causadas pela pandemia da covid-19. O senador Weverton Rocha (PDT) convocou uma trupiada de políticos para falar daquilo que não sai da cabeças deles… Da sucessão do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Os líderes políticos foram chamados para uma reunião bem longe do Palácio dos Leões para analisar uma pesquisa qualitativa de Weverton Rocha. A pesquisa realizada por um Instituto de São Paulo ligado ao PDT é uma afronta ao governador.

A vacina que o grupo de Weverton busca é de como evitar a candidatura à reeleição do sucessor de Flávio Dino, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB). Este grupo, um tanto quanto negacionista, não quer enxergar que Brandão já carrega a chave do Palácio dos Leões e é o cabeça de chapa que terá Flávio Dino como candidato ao senado.

Para isso buscam respostas por meio de um Instituto de São Paulo, não o Butantan, de como Weverton pode se encaixar nas próximas eleições. Está sendo analisado não só o nome do senador, mas também o que pesa contra o senador. Processos judiciais, envolvimento com agiotas, pecha de traidor e conspirador e até como seria uma oposição ao governo do estado, inspirada no “Centrão” de Brasília. Nem lá, nem cá.

A pandemia com certeza não esteve na lista de prioridades da reunião. Aos céticos é só vasculhar as redes sociais dos presentes e observar o que eles pensam de aglomeração em tempos de pandemia. Não só são a favor, mas foram responsáveis por aglutinar multidões na capital e no interior do Maranhão durante as eleições, muitas vezes em cidades que não tinham sequer um hospital. Vai entender esse povo, acostumados com o parlamento, suas ações muitas vezes ficam só no gogó.

Segue a lista de presentes da reunião camuflada: Othelino Neto (presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão), Osmar Filho (presidente da Câmara Municipal), Erlânio Xavier (presidente da Famem), Cleber Verde (presidente do Republicanos), Juscelino Filho (presidente do Democratas), Luciano Leitoa (presidente do PSB), Pedro Lucas Fernandes (ex-presidente do PTB), Márcio Honaiser (secretário de Desenvolvimento Social do Maranhão), senadora Eliziane (presidente do Cidadania), Glalbert Cutrim (vice-presidente da Assembleia Legislativa), Gil Cutrim (deputado federal).

 

Por Weberth Saraiva