Saiba o que está por trás da declaração de Eliziane em favor de Weverton Rocha

Saiba o que está por trás da declaração de Eliziane em favor de Weverton Rocha

3 de abril de 2021 0 Por Daniel Santos

Escolhida na eleição de 2014 para ser senadora para um mandato de oito anos pelo governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), Eliziane Gama (Cidadania) em uma movimento planejado a “quatro paredes” declarou durante esta Semana Santa apoio ao senador Weverton Rocha (PDT), já visando as eleições estaduais de 2022.

Estrategicamente, foi armado um “circo midiático” para o anúncio, que iniciou durante uma entrevista ao jornalista Clóvis Cabalau no quadro “Bastidores” do jornal Bom Dia Mirante.

A declaração é fruto de um acordo entre a senadora e o pedetista para beneficiar o marido de Eliziane, o “empresário” Inácio Cavalcante Melo Neto.

– Dono do mandato

É de conhecido no meio político que a senadora Eliziane não manda mais no seu mandato, o dono do cargo eletivo é exatamente o seu marido que é pré-candidato a deputado estadual. E inclusive, é a pessoa responsável por “direcionar” a bel-prazer as emendas parlamentares da esposa.

Weverton Rocha antes de convencer Gama a declarar apoio – com claro intuito de pressionar o governador Flávio Dino a escolhê-lo como seu candidato -, chamou para uma conversa a “pé de ouvido” o marido da senadora.

O pedetista prometeu ao enrolado Inácio Melo uma contribuição de 20 mil votos na sua campanha rumo a Assembleia Legislativa. Para isso, assegurou que prefeitos e lideranças políticas pedetistas e também de outros partidos aliados ao projeto de Rocha – todos esses escolhidos a dedo, irão apoiar o marido da senadora em pelo menos seis cidades expressivas espalhadas pelo interior.

Inácio, então, não pensou duas vezes e aceitou “convencer” a cega Gama a – antecipadamente – declarar adesão ao projeto de Weverton.

Entretanto, o movimento impensado de Eliziane movida pelos interesses do marido não foi bem visto pelo Palácio dos Leões. Pessoas próximas do governador do Maranhão recepcionaram como uma verdadeira traição o anúncio antecipado de Eliziane, visto que Flávio Dino anunciou há semanas que escolherá o candidato à sua sucessão apenas no final do ano.

– Inácio recheado de problemas

Responsável por “convencer” Eliziane, Inácio Cavalcante Melo Neto coleciona sucessivos problemas e graves acusações:

Em 2017 ele foi acusado de estelionato por possuir nada menos que três CPF (Cadastros de Pessoa Física): Inácio Cavalcante Melo Neto (CPF: 566.768.403-91); Inácio Guimarães de Oliveira Melo Neto (CPF: 012.225.269-13) e Inácio Mello Neto (CPF: 603.777.883-33). Nesse caso, a 1ª Vara da Justiça Federal no Maranhão tentou localizar o Réu para responder a Ação Penal. Foram feitas várias tentativas de citação do réu, inclusive via edital, mas o referido acusado não compareceu em juízo e nem constituiu advogado. Em razão do sumiço do Réu, a Justiça Federal suspendeu a prescrição do crime para que o acusado não fique impune.

Em outubro de 2018, a ex-mulher dele, a jornalista Adriany de Paula Pinto Nunes publicou vídeo em suas redes sociais no qual afirma ter sido vítima de agressões pelo ex-marido. Na peça, Adriany afirma que sofreu agressões físicas por anos.

Um ano depois, em julho de 2019, o marido da senadora Eliziane Gama teve a prisão decretada pela Justiça do Rio Grande do Norte por causa do não pagamento integral de pensão alimentícia a um filho menor, fruto de um relacionamento anterior do réu, que reside naquele estado. A decisão, assinada pela juíza Ana Clarisse Arruda Pereira, estabelece prazo de detenção máxima de três meses.

Já no inicio deste ano de 2021, Inácio Melo apareceu em show de forró sem máscara causando aglomeração. Pelo vídeo é possível perceber que o marido da Senadora que “vivia” nas igrejas seguindo os passos da esposa, se desvia e “encheu a cara” durante show da banda Chicabana no município de Peritoró.

Essa é parte da vida do marido da senadora, a qual ela “franqueou” o mandato “dado” pelo governador Flávio Dino e confirmado pelo povo do Maranhão nas urnas.

 

Por Domingos Costa