Vereadores retomam trabalhos em Alcântara, e relatório final da CPI que investiga desvio de 9 milhões nas gestões passadas é aprovado

Vereadores retomam trabalhos em Alcântara, e relatório final da CPI que investiga desvio de 9 milhões nas gestões passadas é aprovado

2 de agosto de 2021 0 Por Daniel Santos

Nesta segunda-feira (02), a Câmara Municipal de Alcântara retomou os trabalhos após o recesso do meio do ano, e na pauta da sessão foi feita a leitura do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que trata sobre um rombo previdenciário de 9 milhões de reais nas gestões passadas, conforme as provas contundentes que foram adquiridas pela CPI.

Foram indiciados o ex-prefeito Anderson Wilker, a ex-secretária de administração Rosycleia, o ex-secretário de administração Rogério e a ex-secretária de finanças Alcilene, todos foram ouvidos para explicarem sobre o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS).

Os vereadores que votaram a favor da aprovação do relatório final foram, o presidente da CPI vereador Nilson Pereira (PL) e o relator da CPI Marivaldo Campos (PROS), já o voto contrário foi do vereador Robson Corvelo (PP).

Os prejuízos causados aos servidores de Alcântara com esse possível rombo são incalculáveis, a luta dos vereadores é para que esses valores possam serem devolvidos e que os envolvidos nesse possível rombo sejam punidos.

Agora o relatório final da CPI será encaminhado ao Ministério Público, Polícia Federal, Tribunal de Justiça, e Tribunal de Contas para que sejam tomadas as devidas providências.