Lula faz visita a José Sarney: “Somos velhos amigos”

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) visitou nesta sexta-feira (2), em Brasília, o ex-presidente da República e do Senado Federal José Sarney (MDB).

Lula deixou o hotel em que está hospedado em Brasília e foi até uma casa em uma região nobre da capital para se encontrar com Sarney. Lula chegou à casa de Sarney, localizada em um bairro nobre de Brasília, por volta das 10h40 e permaneceu no local até 12h10.

O encontro ocorre em meio às negociações da equipe de transição com o MDB para a ocupação dos ministérios no futuro governo. Em um encontro nesta semana com o presidente da sigla, Baleia Rossi, Lula disse que o MDB será contemplado com ao menos uma pasta, mas a legenda tem expectativa de ocupar três ministérios.

Questionado sobre o motivo da visita a Sarney, Lula brincou:

— Somos velhos amigos. Velhos, não. Jovens amigos.

Lula disse que a visita se insere no rol de visitas a autoridades que o apoiaram, mesmo com divergências.

“A minha conversa com o Sarney é a visita a um homem que foi presidente da República, a uma pessoa que foi presidente do Senado, a uma pessoa que tem história nesse país, a uma pessoa que me ajudou muito e que está com 91 anos de idade [Sarney fez 92 em abril]. Eu fico pensando que um dia estarei também com 91 anos de idade. Vai demorar um pouco [Lula tem 77 anos], e eu quero estar com a mesma saúde que ele está hoje. Já fui visitar o presidente Fernando Henrique Cardoso. Porque são pessoas que me ajudaram. Mesmo quando divergiram comigo, me ajudaram”, afirmou.

“Honrado em estar presente durante a visita pessoal feita pelo Presidente eleito Lula ao meu avô, José Sarney, hoje em Brasília. A quem reiterou sua amizade e a grande colaboração que deu ao seu governo e, também, ao seu atual programa. Isso mostra o prestígio do ex-presidente José Sarney que é visitado por grandes lideranças da política nacional, um reconhecimento a liderança que ele tem na história do nosso país, presidindo a transição democrática e devolvendo ao Brasil o estado de direito”, disse o deputado Adriano Sarney.

Na campanha, ainda no primeiro turno, José Sarney declarou voto em Lula. Em um artigo denominado “Voto pela Democracia”, Sarney escreveu que o petista é o melhor para o “estado de bem-estar” e criticou o atual presidente Jair Bolsonaro (PL). No documento, o ex-presidente também fez críticas ao “orçamento secreto”. Segundo ele, as emendas de relator fazem parte de um “campo privilegiado para os interesses escusos”.

Aos 92 anos de idade e sem mandato desde 2015, Sarney segue influente dentro do MDB, um dos partidos com integrantes na equipe de transição e que Lula espera contar na sua base parlamentar no Congresso Nacional.

Sarney foi o primeiro presidente da República após o término da ditadura militar, em 1985. Ele ficou no cargo até 1990. Como senador, manteve sua relevância política e teve boa relação com Lula.

Sarney presidiu o Senado em duas oportunidades (2003-2005 e 2009-2011). Lula estava no Palácio do Planalto no período.

Via John Cutrim

Deixe uma resposta

  • De Segunda a Sexta

  • Não encontrou o que procura? Nós facilitamos para você. Digite o termo que deseja encontrar e clique na lupa. 🔍