Laudo confirma que cadáver de jovem foi abusado sexualmente no MA


O laudo cadavérico realizado pelo Instituto Médico Legal (IML), em São Luís, confirmou que o cadáver da jovem Shakira dos Santos, encontrado por populares fora do túmulo, no último dia 29 de abril, no Cemitério Municipal de Pindaré-Mirim, a 255 km de São Luís, foi abusado sexualmente.

A polícia continua com as investigações e esse material do exame genético será utilizado para que a polícia consiga chegar até a pessoa que cometeu o crime de necrofilia, que é o uso do cadáver com a finalidade sexual.

A pena prevista para o crime de vilipêndio de cadáver é de um a três anos de prisão e mais o pagamento de multa.

g1/ma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *