Sampaio Corrêa perde para o Potiguar nos pênaltis, e é eliminado da Copa do Nordeste

SÃO LUÍS – O Sampaio Corrêa enfrentou neste domingo (7) o Potiguar de Mossoró pela primeira fase das Eliminatórias da Copa do Nordeste 2024. A partida aconteceu no Estádio Castelão em São Luís. E na primeira partida do ano, o Sampaio foi eliminado da Copa do Nordeste nos pênaltis. No tempo normal, 2 a 2, e nos pênaltis, deu time visitante por 5 a 4.

Cláudio Cebolinha abriu o placar para o Sampaio Corrêa no primeiro tempo, e Sampaio, em cobrança de pênalti, deixou tudo igual pelo Potiguar no início do segundo tempo. Thallyson ainda recolocou o Tricolor em vantagem, porém, o time potiguar buscou o empate mais uma vez com Geovani Silva, já nos acréscimos do segundo tempo.

Após a eliminação na Copa do Nordeste, o Sampaio centralizará as atenções para a estreia no Campeonato Maranhense. A Bolívia Querida enfrenta o Cordino na noite desta quarta-feira (10), às 20h15, no Estádio Castelão, com cobertura completa do Imirante Esporte e da rádio Mirante AM.

O jogo

Empurrado pela torcida no Castelão, o Sampaio Corrêa chegou com perigo logo aos dois minutos: após receber passe de Cláudio Cebolinha, Edrean chutou forte e mandou a bola por cima do gol. A resposta do Potiguar de Mossoró veio aos cinco minutos, em chute de Giovanni Carioca, que parou nas mãos de Felipe.

Melhor em campo, o Sampaio Corrêa abriu o placar aos 15 minutos, com Cláudio Cebolinha, aproveitando sobra de bola após cobrança de lateral de Edrean na grande área. Sem diminuir o ritmo, a Bolívia Querida quase ampliou em chute de Thallyson, aos 21 minutos, que mandou a bola pela linha de fundo.

Diante de um Potiguar de Mossoró com dificuldades para avançar, o Sampaio Corrêa continuava desperdiçando oportunidades no campo de ataque. Aos 31 minutos, Edrean deu um passe na medida para Thallyson, que bateu forte e parou em uma defesa espetacular de Conrado.

Sampaio Corrêa cede empate duas vezes, e decisão vai para os pênaltis

Precisando de uma reação rápida após ser dominado no primeiro tempo, o Potiguar de Mossoró chegou ao empate aos seis minutos, com Sampaio, em cobrança de pênalti. O Sampaio Corrêa voltou a assustar os visitantes aos 12 minutos: após passe de Pimentinha, Rafael Luiz conseguiu a finalização, que foi defendida por Conrado.

Aos poucos, o Sampaio Corrêa reassumiu o protagonismo da partida. Aos 28 minutos, Maurício levantou a bola na grande área, Conrado não conseguiu fazer a defesa, e Thallyson aproveitou para marcar o segundo gol da Bolívia Querida.

Quando o resultado parecida definido no Castelão, o Potiguar de Mossoró arrancou o empate: após levantamento na grande área aos 50 minutos, a bola caiu nos pés de Geovani Silva, que bateu por baixo das pernas de Felipe e deixou tudo igual, levando a decisão para os pênaltis.

Pênaltis

Nas primeiras cinco cobranças de cada equipe, foram quatro acertos e apenas um erro para cada lado. Bruno Baio, Fábio Aguiar, Pimentinha e Maurício marcaram para o Sampaio, com Cortez parando em defesa de Conrado, enquanto Walber, Anderson, Paulo Ricardo e Fernando Portel balançaram as redes pelo Potiguar de Mossoró, que teve Jefinho desperdiçando sua cobrança, defendida por Felipe. A disputa se resolveu nas cobranças alternadas: Pablo Oliveira, do Sampaio, teve seu chute defendido por Conrado, e Talisson Carioca, com uma finalização precisa, garantiu a vitória do Potiguar.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Felipe; Rafael Luiz (Pablo Oliveira), Betão (Hiago Cena), Fábio Aguiar e Cortez; Ferreira (Gazão), Maurício e Thallyson (Dimas); Pimentinha, Cláudio Cebolinha e Edrean (Bruno Baio). Treinador: Thiago Gomes

POTIGUAR DE MOSSORÓ: Conrado; Cipoal (Paulinho), Douglas Santos (Geovani Silva), Anderson e Pedrinho (Paulo Ricardo); Fernando Portel, Giovanni Carioca e Walber; Sampaio (Jefinho), Pecel e Talisson Carioca. Treinador: Robson Melo

Via Imirante.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *