Urgente – No dia do trabalhador, professores saem às ruas e fazem protesto após Prefeito Luciano Genésio descumprir acordo do precatório

Nesta quarta-feira dia 01, dia em que se comemora o dia do trabalhador, um dia que deveria ser marcado por conquista e celebrações, está sendo marcado por protestos nas ruas da cidade, por professores revoltados porque o prefeito Luciano Genésio, descumpriu o acordo do pagamento do precatório dos professores do Município.

O acordo era pra que nesta terça dia 30, todos os professores recebessem os seus respectivos valores, frutos de lutas e muito trabalho. Os educadores teriam direito em um valor que passaria da casa dos 40 milhões, porém como a gestão Genésio não valoriza a classe, travou uma cana de braço com os professores e conseguiu convencê-los de que pagaria 30 milhões, como metade do perdido é lucro, os professores aceitaram e acreditaram que estariam com o dinheiro na conta no dia 30, porém somente os efetivos receberam. Os contratados, aposentados, pensionistas e herdeiros não receberam um tostão sequer, e mais uma vez ficaram na promessa.

Com isso, eles aproveitaram a manhã desta quarta-feira, para e às ruas e reivindicar.

É lamentável a falta de compromisso da gestão Municipal, ou seja mais uma vez os professores de Pinheiro tiveram seus sonhos frustrados.

O que resta agora aos professores, é continuar esperando a boa vontade do prefeito, e continuar sonhando em um dia receber aquilo que é deles de direitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *