Idosa de 60 anos, volta a ser presa por tráfico de drogas em São Luís


Uma idosa de 60 anos, foi presa, suspeita do crime de tráfico de drogas, no bairro Jordoa, em São Luís. A prisão foi coordenada pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc).

Segundo a Senarc, após receber informações de um intenso fluxo de pessoas em uma residência na Jordoa, uma equipe de policiais civis se deslocou até o endereço. Chegando ao local, um usuário foi flagrado comprando drogas com a mulher. Ela já havia sido presa, em 2013, por tráfico de drogas.

A idosa foi autuada em flagrante e encaminhada apara Unidade prisional, onde ficará à disposição da justiça.

g1/ma

A Polícia Civil prendeu, na tarde da última quinta-feira (11), o policial militar que é suspeito de ter assassinado os irmãos Jonas Silva Conceição, de 30 anos; e Samuel Silva Conceição, de 25 anos, no último dia 19 de junho, no bairro Parque Santa Lúcia, em Imperatriz.

No dia do assassinato, os irmãos tinham acabado de sair de um bar e iam para casa quando foram atingidos por vários disparos. Familiares dizem que os dois não tinham envolvimento com crime ou passagens pela polícia.

O policial, que não teve o nome informado, chegou a ser ouvido na Delegacia de Imperatriz, dias após o caso, e confessou que atirou nos dois irmãos, mas alegou ter agido em legítima defesa porque ‘achou que seria assaltado’. Na época, ele foi liberado.

No entanto, as investigações apontaram que o policial efetuou 19 tiros nas vítimas, que não estavam armadas no momento dos disparos. Por causa disso, foi pedido à Justiça a prisão temporária por 30 dias, que foi aceita.

Na última quinta (11), o policial se apresentou na delegacia, acompanhado de um advogado, e depois foi encaminhado para o quartel do 12° Batalhão de Polícia Militar da cidade de Estreito.

De acordo com informações da Polícia Militar, os dois irmãos estavam em uma motocicleta, quando o atirador chegou em um carro branco e efetuou vários disparos contra eles. Segundo a perícia, Samuel, que estava conduzindo a moto, foi atingido por oito disparos e não teve chances de reação.

A família e amigos próximos das vítimas relataram que os dois não tem passagens pela polícia ou envolvimento com o crime.

g1/ma


Na tarde desta sexta-feira (12) por volta das 16:30, populares encontraram o corpo de um idoso de 66 anos que era popularmente conhecido por Zé Tele, no povoado Ponta de Santana/Pinheiro.

Ele morava sozinho na residência que fica nas mediações dos campos, da localidade.

O idoso estava com uma perfuração de arma branca, e foi encontrado sem vida.

A polícia civil foi acionada, esteve no local, e a remoção do corpo foi feita por uma funerária.

Até o momento, não se sabe quem teria praticado o crime, a polícia já começa a trabalhar nas investigações para tentar elucidar o assassinato.


No Município de Pinheiro não tem sido fácil para os adversários do pré-candidato à prefeito André da RalpNet, que não aceitam a sua popularidade, e liderança nas pesquisas. Os adversários que sempre vieram de famílias tradicionais políticas, tem usado seus aliados para atacarem o jovem empresário André, que vem da zona rural de Pinheiro de família humilde e sem histórico político.

André com todo o seu carisma, e humildade se tornou o pré-candidato mais querido, mais avaliado pela população, e o seu projeto só cresce a cada dia, liderando todos as pesquisas de intenções de votos já divulgadas até aqui, devidamente registradas na justiça eleitoral.

Acontece que os poderosos da política, que vem dividindo o poder por décadas e décadas, insatisfeitos com a popularidade de André, montaram um verdadeiro esquema com o intuito de denegrir, difamar e caluniar o pré-candidato que veio da zona rural. Acredita-se, que os poderosos tenham um certo preconceito com quem vem da zona rural e de família humilde, como também acredita-se, que o desejo do grupão, é continuar mandando no Município por mais anos.

André da RalpNet, reúne as melhores condições, é o mais preparado e mais capacitado para se tornar o próximo prefeito de Pinheiro. O povo deposita a confiança em André, para tirar Pinheiro do estado de caos e abandono em que se encontra.

Desesperados, os adversários de André que compõem o grupão, estão apelando todos os dias para fake News, com ataques calúnias e difamações, com o intuito de manchar a imagem do pré-candidato.

Porém, o que se observa é que quanto mais eles atacam, quantos mais criam fake News, mais André cresce e cai na graça do povo, o que leva a crer, que querendo ou não, o grupão que manda em Pinheiro a mais de 40 anos vai ter que aceitar o crescimento e popularidade do homem que caminha a passos largos para ser o próximo prefeito de Pinheiro.

Para a Polícia Civil do Maranhão chegar aos supostos mandantes do assassinato do empresário Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como “Pacovan”, um fator foi primordial: o carro usado no crime, um Fiat Siena Esence 1.6, placa PMZ8317, de cor preta e ano 2015, Renavam 01036032210.

O caminhoneiro Francisco Heydyne do Nascimento, conhecido como “Cearense”, pagou o valor de R$ 11.500,00 (onze mil e quinhentos reais) pelo carro usado no assassinato de “Pacovan”, crime ocorrido no último dia 14 de maio no Posto Joyce (antigo ‘Cavalo de Aço’), na cidade de Zé Doca.

O veículo estava na cidade de Bacabal e foi comprado por meio PIX (pagamento instantâneo) pelo próprio “Cearense”, considerado pela Polícia Civil do Maranhão como o mandante [junto com a esposa] da morte do empresário.

Ele é marido da ex-gerente do posto Joyce, a senhora Fernanda Costa, funcionária da íntima confiança de Pacovan que também “cuidava” das finanças do empresário.

Os detalhes foram contatos pela cúpula da Secretária de Segurança Pública durante coletiva de imprensa realizado na noite desta quarta-feira (10) na sede da SSP-MA. De acordo com o delegado Jeffrey de Paula Furtado, da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), foi “Cearense” que também deu fuga aos três criminosos que executaram Pacovan.

A Toyota Hilux, de vidros espelhados, flagradas por câmeras como sendo o carro usado pelos criminosos para fugir após queimarem o Fiat Siena na estrada vicinal que leva até o Povoado Ebenezia, conforme imagens da placa do veículo, pertence a uma locadora da cidade de Capanema – PA e foi adquirido exatamente por “Cearense”.

O secretário de Segurança, Maurício Martins, explicou que essa é apenas a primeira fase das investigações que visam elucidar por completo o assassinato de “Pacovan”. O titular da SSP-MA, afirmou que a próxima etapa é prender os três homens (o motorista e dois atiradores) que mataram o empresário.

Por Domingos Costa

Na manhã de hoje, moradores da cidade de Pinheiro-MA interditaram a Ponte Sarney em um protesto pacífico para chamar a atenção das autoridades sobre a crescente onda de violência que tem assolado os bairros da cidade.

Nos últimos dias, tiroteios e assassinatos têm causado pânico entre os residentes, especialmente no Residencial Bom Viver, na região da Bubalina. O clima de insegurança tem levado os moradores a exigir ações concretas para garantir a segurança pública e a tranquilidade da comunidade.

“Estamos vivendo um pesadelo diário. Não podemos mais sair de casa sem medo de sermos vítimas de violência. Precisamos de mais policiamento e ações efetivas para combater a criminalidade”, declarou Maria Silva, moradora do Bom Viver.

Os manifestantes se reuniram na Ponte Sarney logo nas primeiras horas do dia, bloqueando o trânsito e exibindo cartazes com mensagens de apelo por mais segurança. O protesto atraiu a atenção da mídia local e de autoridades, que se comprometeram a dialogar com os líderes comunitários para buscar soluções.

A prefeitura de Pinheiro e a polícia local ainda não divulgaram um plano de ação, mas afirmaram que estão cientes das demandas e que medidas serão tomadas para aumentar a segurança nos bairros afetados.

Os moradores esperam que, com o protesto, as autoridades compreendam a urgência da situação e ajam rapidamente para restaurar a paz e a segurança em Pinheiro.

Via Maranhão on line

O Ministério Público vai investigar a autorização da Câmara de Vereadores para um empréstimo de mais de R$ 37 milhões de reais para a gestão do prefeito Luciano Genésio, a quase 100 dias antes das eleições em Pinheiro. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (10) e é da promotora Samira Mercês, que pediu informações ao prefeito e aos parlamentares do município.

De acordo com a representante do órgão, a modalidade de operação de crédito só pode ser utilizada para atender insuficiência de caixa durante aquele exercício financeiro e que deverá ser liquidada até o dia 10 de dezembro deste ano, dentro do mesmo exercício. A promotora também elencou uma série de possíveis irregularidades na contratação do crédito, envolvendo a Lei de Responsabilidade Fiscal.

O documento diz que não houve divulgação de prévia licitação para a celebração de operação de crédito por antecipação de receita, conforme entendimento consolidado da jurisprudência do STJ e STF e o prefeito criou uma modalidade de empréstimo sui generis sem amparo no ordenamento jurídico, posto que não se enquadra em operação de crédito ordinária, por vincular o adimplemento às receitas tributárias e, por outro lado, não se enquadra nos preceitos legais da antecipação por receita, visto que pretende a realização de obras.

Por fim, a promotora decidiu instaurar um inquérito civil objetivando a apurar a legalidade da contratação de operação de crédito do município de Pinheiro, no valor R$37.930.000,00 milhões com o Banco do Brasil, com a autorização legislativa da Câmara Municipal de Pinheiro, e pediu informações ao prefeito Luciano Genésio, ao procurador da prefeitura e ao presidente da Câmara Municipal, Lucas do Beiradão, que encaminhe informações sobre estimativa de impacto financeiro-orçamentário, parecer de órgãos técnicos e jurídicos, com demonstração de custo-benefício, interesse econômico e social da operação, o deferimento do pleito junto ao Ministério da Fazenda, e a celebração de operação junto a instituição financeira, além do inteiro teor do processo legislativo que fundamentou a aprovação de lei.

Via Jailson Mendes

Na noite do último sábado (06), o pré-candidato a prefeito Jadeco fez história no Município de Apicum-Açú ao conquistar a adesão do ex-prefeito Cecé Monteiro, que comandou o Município por três mandatos. Jadeco, que junto ao deputado Cláudio Cunha lidera o grupo do ex-prefeito Benoca, conseguiu realizar uma união política inédita nos 29 anos de história do Município, reunindo os grupos de Cecé Monteiro e Benoca.

Para os mais jovens, é importante lembrar que esses dois líderes políticos, que foram vice-prefeitos da cidade de Bacuri, lutaram pela emancipação política e administrativa de Apicum-Açú, consolidada em 1994. Desde então, sempre estiveram em lados opostos nas disputas eleitorais, mas foram fundamentais para a edificação e desenvolvimento que fez Apicum-Açú despontar como um dos Municípios mais importantes da região.

A união de Cecé Monteiro, do espólio de Benoca, representado por seu filho Nilson Castro, e do deputado e ex-prefeito Cláudio Cunha, reúne seis mandatos pretéritos do mesmo lado, demonstrando a extraordinária habilidade política do pré-candidato Jadeco. Essa aliança representa uma esperança renovada para o povo de Apicum-Açú, que deposita em Jadeco a expectativa de desenvolvimento interrompido e frustrado pela atual administração, marcada por altos níveis de desaprovação.

Jadeco, com sua capacidade de articulação política, conseguiu superar rivalidades históricas e construir uma coalizão forte, mostrando que está preparado para liderar Apicum-Açú rumo a um futuro mais promissor. A união dessas lideranças sinaliza um novo capítulo na história do município, onde a experiência e a vontade de trabalhar em conjunto podem trazer os avanços que a população tanto deseja.


O pré-candidato à prefeito de Peri Mirim Quinzinho, segue embalado e caminhando a passos largos para ser o próximo prefeito do Município.

Por onde passa, Quinzinho é recepcionado por multidões, e vem a cada dia renovando a esperança de dias melhores do povo, que acredita na mudança, na transformação e na reconstrução do Município de Peri Mirim.

Neste final de semana, Quinzinho foi recebido por uma verdadeira multidão no povoado Torna, e lá reafirmou o seu compromisso de fazer com que cada Munícipe tenha dignidade e sejam amparados pelo poder público. Cada Perimiriense que participou do evento, saiu de lá com a esperança renovada na certeza de que num futuro breve e próspero, Peri Mirim será uma cidade que passará por uma grande transformação e com dias melhores para todos.

Quizinho agradeceu a presença de todos, e o apoio e emprenho de todo o seu grupo político, que não tem medido esforços para lutar por um Município melhor para todos.

A pré-candidatura à vice-prefeita em Santa Helena na chapa de Josinaldo Moraes, Lurdinha da Colônia, esteve na noite deste sábado (06), reunida com o grupo de Mulheres Unidas pela Reconstrução.

O evento discutiu políticas públicas voltadas para as mulheres, e a participação da mulher no processo de reconstrução do Município de Santa Helena. Esse foi um evento inspirador para todas as Helenenses.

Lurdinha parabenizou toda à organização do evento, e todas às mulheres envolvidas que contribuíram para o sucesso do encontro. Ela destacou a importância da força feminina no processo político, e que as ideias das mulheres irão prevalecer no projeto.

Lurdinha da Colônia, vem mostrando a força e importância da mulher na política, e irá junto com Josinaldo Moraes defender os direitos da mulher Helenense.

  • De Segunda a Sexta

  • Não encontrou o que procura? Nós facilitamos para você. Digite o termo que deseja encontrar e clique na lupa. 🔍