Pinheiro sofre com as consequências de uma desastrosa administração

Pinheiro sofre com as consequências de uma desastrosa administração

29 de outubro de 2020 0 Por Daniel Santos

A pavimentação das ruas do município de Pinheiro, foi eleita uma das prioridades da atual gestão, que implementou o projeto “Pró-Asfalto” que tinha como objetivo garantir uma melhor trafegabilidade, acessibilidade e qualidade de vida ao cidadão.

O curioso é que se vê uma realidade totalmente diferente dos programas eleitorais. De Leste a Oeste e de Norte a Sul as ruas de pinheiro estão repletas de buracos. Inúmeras são as reclamações e manifestações populares em revolta a atual situação de pavimentação e asfalto na cidade.

Cansado de esperar soluções da prefeitura, o pedreiro Paulo Oliveira coloca diariamente entulho nos buracos, conseguidos com a compra de restos de materiais de construção. “Eu tiro do meu. Podia estar comprando uma alimentação melhor para o meu filho, para minha esposa, mas tiro do meu bolso para comprar concreto”.

Outros aguardam muito mais. “Faz mais de 3 anos que estou esperando. Já fizemos inúmeras reclamações. O buraco só aumenta”, diz o aposentado Floriano Santos, de 64 anos, que convive com uma verdadeira cratera em frente sua casa, “na época de chuvas, a situação piora, os buracos acumulam água e ficam ainda mais perigosos para a locomoção e ainda causando muito tipo de doença”.

O filho de Maria Inês tem paralisia cerebral e é cadeirante. O caminho da casa da família até o ponto de ônibus é um desafio de locomoção, força e equilíbrio. “A gente tem que dar um jeito, né? A gente que é mãe faz milagre”.

Precisamos libertar Pinheiro das mentiras, promessas e do descaso. Não dá para continuar mantendo uma gestão que não honra a confiança da população. “São problemas de todas as ordens sendo acumulados sem qualquer satisfação, quero ser prefeito para cuidar da cidade e das pessoas do jeito certo”.

Ressaltou ainda que no seu plano de governo, soluções foram estudadas para atender a população em questões de ordens básicas. “Nos dê a oportunidade de ajudar a garantir direitos à esta cidade que é tão importante, mas que vive sob total abandono, juntos vamos mudar esta realidade. Juntos vamos escrever uma outra história para a princesa da baixada”, reafirmou Leonardo.