Em Ribas do Rio Pardo (MS), Homem natural de Presidente Sarney mata ex-namorada, o filho dela de 14 anos e morre em confronto com a polícia

Em ação rápida a polícia prendeu o autor do feminicídio, João José Furtado Neres, em Ribas do Rio Pardo, na manhã desta quinta-feira (2), que era natural do Município de Presidente Sarney, no interior do Maranhão.

Segundo as primeiras informações ele entrou em confronto com a polícia e foi baleado. Além de tirar a vida de Daniela Luiz, de 30 anos, ele também matou o filho dela, de apenas 12 anos de idade.

Segundo informações preliminares levantadas pela Onça, João José veio para Ribas do Maranhão por uma oportunidade de trabalho. Após dar entrada no hospital ele veio a óbito.

O CASO

Daniela Luiz, de 30 anos, foi morta a facadas pelo ex-namorado, João José Furtado Neres, que não poupou nem o filho dela, o crime ocorreu na noite de quarta-feira (1º), em Ribas do Rio Pardo. Esse é o 18º caso de feminicídio no dia Estadual de Combate a este crime.

Uma criança de 4 anos, ensanguentada em torno de 23h30 saiu correndo pela rua José dos Santos, no bairro São Sebastião gritando “Socorro, mataram a minha mãe”.

Quando a equipe de Polícia Militar chegou no local se deparou com o filho da vítima, um adolescente de 14 anos, morto em um dos quartos da residência, caído em decúbito lateral. Ele foi esfaqueado diversas vezes, no peito e nas costelas.

Daniela foi encontrada sem vida em um quarto dos fundos da residência, com ferimentos na cabeça, e pescoço. A quantidade de sangue no cômodo impressiona e choca.

A mãe dela, uma senhora de 52 anos, ficou gravemente ferida ao tentar proteger a filha e o neto. Ela foi socorrida com vida e transferida para a Santa Casa de Campo Grande. Ela apresenta ferimentos na cabeça, pescoço e perna direita.

Depois dos assassinatos, o suspeito João José Furtado Neres fugiu.

Via  Rio Pardo News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *