Prefeito de Porto Rico do Maranhão Aldo Brown, acompanhado do vice-prefeito Zequinha, vereadores e secretários Municipais está em Brasília na busca por benefícios para o Município

.

O prefeito de Porto Rico do Maranhão Aldo Brown acompanhado da primeira dama e secretária de assistência social Jaqueline Luz, do vice-prefeito Zequinha, dos vereadores Nando, Macário e Dino César, dos secretários Floriano Júnior, Paulinho Fonseca, Liam Passinho, Givanilson Ferreira, Prof. Santos, Tamires Pereira, Maykon Passinho, Cláudio Pires, Adnélia Villar, Marineuza Santos e Sildevan Passinho, está em Brasília participando da marcha dos prefeitos e na busca por benefícios para o Município nos Ministérios.

Prefeitos de todo Brasil, participam de 27 a 30 de março da 24ª edição da Marcha dos Prefeitos em Defesa dos Municípios.

O evento, que teve sua primeira edição em maio de 1998, está reunindo prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e líderes municipais para debater pautas municipalistas no Congresso Nacional e Governo Federal.

Este ano, a marcha acontece no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), com o tema “Pacto Federativo: um olhar para o futuro”, e segundo a Confederação Nacional de Municípios (CNM), deve reunir cerca de nove mil gestores.

O gestor de Porto Rico do Maranhão, acompanhando da sua comitiva já esteve no Ministério da Justiça, conversando com o senador e Ministro Maranhense Flávio Dino, a onde dialogou bastante com o ministro e apresentou demandas importantes do Município de Porto Rico do Maranhão.

Todos os secretários da gestão estão participando dessa visita à Brasília, e cada secretário apresentando as suas demandas, todas elas voltadas para beneficiar a população Portorriquense.

O prefeito Aldo Brown, avalia que a sua ida a Brasília, juntamente com membros da sua gestão, está sendo muito produtiva, e que vem muitos benefícios para o Município, a partir dessa visita a capital Federal.

Após o término das visitas e do evento, o prefeito fará um balanço, de tudo que foi discutido e as demandas apresentadas aos Ministérios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *