“A gente não sabe se come, ou se paga conta de energia” Diz moradora revoltada com o aumento abusivo da taxa de iluminação pública em Pinheiro

“A gente não sabe se come, ou se paga conta de energia” Diz moradora revoltada com o aumento abusivo da taxa de iluminação pública em Pinheiro

17 de julho de 2019 0 Por Daniel Santos

Desde que foi aprovado na câmara municipal de Pinheiro, o projeto encaminhado pelo prefeito Luciano Genésio, que passou a aumentar a taxa de iluminação pública dos Pinheirenses, a população vem reclamando constantemente desse absurdo.
O aumento tá fazendo com que as pessoas deixem de comer, para pagar conta de energia.
Uma cidadã usou as redes sociais para fazer um desabafo, relatando a maldade que a câmara de vereadores fez com os Pinheirenses.
Veja na íntegra a postagem:

Agora o povo tem que morrer de trabalhar pra pagar conta de energia, são tantas taxas que a gente paga e pior mesmo essa iluminação pública. Está um absurdo se prestar bem atenção, seu consumo de energia até é razoável, agora eles cobram um valor infernal de taxa isso é um absurdo com o povo, você faz o possível pra economizar energia mas não adianta.
Pior que somos nós das classes menores que sofremos, porque você não sabe se come ou paga energia, se não pagar eles não estão nem aí, cortam é mesmo, do jeito que a situação está falta de emprego geral aqui em Pinheiro mesmo nem se fala, a situação de muitas pessoas desempregadas.
Aí a cemar ainda ajuda mas atirar nossos couros é lamentável, se não bastassem também o gás de cozinha que está um absurdo, até quando vamos ficar nessas situação, cadê os nossos representantes que não fazem nada.
Há já entendi, eles não estão nem aí pra o povo todo mês recebem seus valores certinhos, seus cartão de alimentação, enquanto nós que colocamos eles lá para cuidar dos nossos direitos nos lascamo.
Ai o pai de família pelo visto, se quiser botar comida na mesa de sua família vai ter que retroceder sua vida, voltar a usar lamparina e usar carvão, porque desse jeito esta difícil.