Urgente: Justiça Eleitoral proíbe divulgação de pesquisa falsa que deveria beneficiar prefeito de Pedro do Rosário

13 de novembro de 2020 0 Por Daniel Santos

O juiz eleitoral de Pinheiro, Lúcio Paulo Fernandes, acaba de suspender a pesquisa do Instituto Premier, que deveria colocar o prefeito de Pedro do Rosário na frente, Raimundo Antonio, segundo moradores ouvidos pelo blog. A decisão atendeu um pedido da coligação ‘Liberdade e Esperança’, encabeçada pelo candidato do PC do B, Toca Serra.

Decisão barra pesquisa falsa em Pedro do Rosário

 

A coligação alegou que a pesquisa feita não observou os requisitos legais para a sua realização, como ausência de indicação de plano amostral ou ponderação atinente ao nível econômico do entrevistado; inexistência de registro profissional do estatístico responsável pela realização da pesquisa no Conselho competente e inexistência da origem do recurso despendido para a realização da pesquisa.

O juiz que julgou o caso considerou que os argumentos são suficientes para suspender a pesquisa e o conjunto de irregularidades apontam fraudes na realização da pesquisa que deveria trazer Raimundo Antonio na frente, diferente do que todas as demais pesquisas apontam, onde Toca Serra é o líder e deve ser eleito prefeito no próximo domingo.

De acordo com o magistrado, ficou comprovado que o estatístico que assinou a pesquisa não foi registrado em conselho no estado do Maranhão e sim em São Paulo. “No mínimo, a empresa responsável pela pesquisa deveria conhecer as regras que regem a elaboração de pesquisas eleitorais, entre elas a necessidade de registro no conselho competente, regra esta claramente descumprida, pelo que consta dos documentos apresentados com a inicial”, comentou.

Mais na frente, ele decidiu suspender a pesquisa. “DEFIRO o pedido de Tutela de Urgência com fulcro no art. 300, caput, do Código de Processo Civil, e DETERMINO SUSPENSÃO DA DIVULGAÇÃO POR QUALQUER MEIO DA PESQUISA ELEITORAL Nº MA-00155/2020), sob pena de multa diária no valor de R$ 10.000,00 em caso de descumprimento da presente decisão”, concluiu.

Vejam a decisão – Decisão – Pesquisa – Pedro do Rosário – Baixar