Deputado estadual Leonardo Sá, acompanha entrega de mais de 1.440 unidades de recibos do Cadastro Ambiental Rural (CAR), nos municípios de Cururupu e Porto Rico

28 de janeiro de 2021 0 Por Daniel Santos

Nesta última quarta-feira (27), o Deputado Leonardo Sá juntamente com o Governo do Estado do Maranhão, promoveram a entrega de recibos do Cadastro Ambiental Rural (CAR), para famílias dos municípios de Cururupu e Porto Rico do Maranhão.

As entregas dos recibos foi disponibilizado por meio do Sistema de Apoio à Agricultura Familiar do Estado (Agerp, Iterma, SAF) e contarão com a presença do presidente da Agerp, Júlio César Mendonça, agricultores familiares e autoridades dos municípios.

Na cidade de Cururupu o evento ocorreu pela manhã com a entrega de mais de 641 Car beneficiando assim várias famílias do município. Como e o caso de Dona Maria José, que vê essa iniciativa do governo e do deputado Leonardo como um grande avanço na cidade ” agora vamos ter mais condições de obter créditos agrícolas para nossa cidade, antes era muito difícil agora vai ser mais fácil” disse a agricultora.

Em Porto Rico do Maranhão, as atividade foram a tarde, na Escola Antomar Diniz Magalhães, beneficiando mais 799 famílias que receberão o CAR, totalizando 1.440 recibos entregues.

A inscrição no CAR é o primeiro passo para obtenção da regularidade ambiental dos imóveis da população rural, a entrega desses documentos no dia de hoje é um grande passo para regularizar essas propriedades além de dar acesso ao Programa de Apoio e Incentivo à Conservação do Meio Ambiente e aos Programas de Regularização Ambiental – PRA podendo assim
Obter linhas de crédito agrícola, em todas as suas modalidades, com taxas de juros menores, bem como limites e prazos maiores que o praticado no mercado. Ajudando essa população que e tão carente de ações como essas. Relatou o Deputado Leonardo Sá

 

 

Saiba +:

o Cadastro Ambiental Rural – CAR é um registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, com a finalidade de integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais referentes à situação das Áreas de Preservação Permanente – APP, das áreas de Reserva Legal, das florestas e dos remanescentes de vegetação nativa, das Áreas de Uso Restrito e das áreas consolidadas, compondo base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento.