Ponte de madeira que da acesso a diversas comunidades de Cururupu está em situação precária

Ponte de madeira que da acesso a diversas comunidades de Cururupu está em situação precária

17 de outubro de 2019 0 Por Daniel Santos

As comunidades dos Povoados Maracujatiua, Tapera entre outras localidades reclamam das péssimas condições da ponte de madeira que dá acesso às localidades, a ponte em questão é a do Rio conhecido como “Tomajuçara”, zona rural do município de Cururupu. Moradores das comunidades vizinhas estão preocupadas com o perigo oferecido pela ponte de madeira, além deles, visitantes de localidades vizinhas relatam que são obrigados a enfrentar o perigo. Com a aproximação do período chuvoso na região, a população estão preocupadas em ficar isoladas caso nada seja feito para recuperar a situação degradante da ponte.

Quem passa pelo local acha que a situação da ponte oferece risco. O pessoal questiona a falta de manutenção e pede providências. “Na verdade precisa fazer uma nova ponte para ter acesso, porque a população precisa desse acesso. Então se não for feita uma nova estrutura, vamos ter problemas com segurança em breve”, destacou um morador da região.

A construção de uma ponte em concreto é uma reivindicação dos moradores do local. De acordo com relatos, esse é um problema que já se arrasta há muito anos. Os moradores relatam o medo ao atravessar pela ponte, uma vez que é a única forma de acesso.

Em contato com a assessoria de comunicação de Cururupu não tivemos nenhumum retorno sobre o problema relatado. O ICURURUPU entrou em contato com o Secretário Municipal de Obras e Serviços Urbanos Marcelo Mendes, o secretário não negou a situação relatada pelos moradores, disse que os “moradores estão atrasados com essas fotos porque a equipe já está naquela área à vários dias inclusive já recuperou a ponte do Rio Grande (Tapera de Baixo), e está trabalhando na ponte de Tomajuçara. Vale esclarecer que as fotos enviadas foram tiradas pelos moradores no último domingo (14), para denunciar o caso. O ICURURUPU indagou ao Secretário sobre a previsão de conclusão da recuperação da ponte, sobre essa questão Marcelo Mendes não respondeu.

via icururupu