Na tribuna da Câmara, vereador Guto diz que secretário de saúde de Pinheiro não deveria mais estar no cargo, diante do caos instalado na saúde do Município

Nesta terça-feira (10), o vereador Guto usou o grande expediente na tribuna da Câmara, para falar do caos instalado na saúde do Município de Pinheiro.

O vereador disse que sentiu na pele a péssima qualidade da saúde oferecida aos Pinheirenses, quando o seu falecido pai precisou passar pelo hospital Antenor Abreu, e lá o vereador viu o quanto a população sofre por falta de bons serviços.

Mas o que levou o vereador a cobrar medidas cabíveis urgente, foi segundo ele o fato de uma criança ter falecido no hospital materno infantil, e a família acusa o hospital de negligência médica.

O vereador disse que segundo o que ele ouviu dos familiares, não se trata de um erro médico, e sim de um assassinato. Guto disse que a comissão de saúde da Câmara precisa tomar medidas urgentes, com relação a saúde do município de Pinheiro.

O vereador disse que a gestão Municipal precisa também afastar o profissional que fez o atendimento, pois o mesmo não é obstetra e estava trabalhando como tal no Município segundo a família.

A família está em choque com o ocorrido e cobra justiça.

O vereador Guto disse que a secretaria de saúde acumula denúncias e denúncias com frequência, coleciona falhas e muitos erros, e mesmo assim o problema continua.

O parlamentar disse ainda que o secretário de saúde nem era mais pra está no cargo, pois diante do quadro que a saúde de Pinheiro vem passando e das muitas denúncias, o secretário perdeu todas as condições de continuar do cargo.

Veja a fala do vereador Guto na tribuna, no vídeo completo ele é o primeiro a usar o grande expediente na sessão:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *